segunda-feira, 9 de abril de 2012

ATITUDE

   PERSONALIDADE

   Olá minhas queridas leitoras, me desculpem a ausência, surgiu uma viagem improvisada, mas já estou de volta.

   Meninas ontem escutei uma frase que me deixou a pensar; uma certa pessoa me reconheceu de outras ocasiões e falou que se lembrava de mim pelo "designer" irreconhecível. GOSTEI!!!
   Acho que somos mais, muito mais que roupas, somos atitude, mas as roupas mostram e expõem tanto quanto a nudez, não adianta seguirmos a moda e somente, a sua personalidade está em cada detalhe, no andar, no falar, e tenho certeza que principalmente no vestir.





   Para este look o azul do blazer dando todo o UP da produção e as composições mais básicas para não brigar com a peça principal. O short jeans e uma regata de seda preta, e os acessórios que não podem faltar.
 
   Só um adendo; o smoking feminino foi criado por Yves Saint Laurent em 1966, mas foi nos anos 80 que o blazer, usado com peças informais,virou simbolo da ascensão profissional feminina.  E sinceramente essa mistura da roupa masculina em um look super feminino fica lindo.



 TULIPA RUIZ
   Tudo de bom, linda voz, cantora compositora, desenhista e ainda por cima brasileira. Nascida em Santos morou até os três anos de idade em São Paulo, após a separação dos pais mudou-se para São Lourenço MG (ou seja mineirinha de coração). Recebeu o seu nome por causa do filme "tulipa Negra"; Tulipa conta que aprendeu a cantar ouvindo cantoras/compositoras como Joni Mitchell, Gal Costa, Ná Ozzetti, Zezé Motta, Baby Consuelo e Joyce.
   A carreira de Tulipa Ruiz foi meteórica. Após fazer o primeiro show solo pra valer no final de 2008, a cantora foi colecionando elogios da crítica, aumentando exponencialmente o público cativo e ganhou, assim, a oportunidade de gravar o disco de estreia pela talvez mais importante gravadora da nova geração da MPB. E, mesmo diante de tamanha expectativa, não decepcionou. Suas canções são sutis e poeticamente diretas, cheias de arranjos simples e melodias doces e circulares embaladas pela voz única de Tulipa. Uma releitura do melhor do tropicalismo com um olhar no futuro.


http://1.bp.blogspot.com/-ysWZum5YGsc/TxePx4I4MSI/AAAAAAAABkM/OPGMBP5xZK0/s1600/Tulipa%252BRuiz%252BTulipa%252Bpor%252BRodrigo%252BCastro%252BSchm.jpg


  
 Vale a pena escutar, comecem por: Ás vezes, Brocal Dourado,Só Sei Dançar Com Você, A Ordem das Árvores e Efêmera.






Nenhum comentário:

Postar um comentário